16 de abril de 2024 - 13:47

Esquema vacinal contra HPV passa a ser de dose única no Brasil

Foto: Reprodução

A vacinação contra o HPV no Brasil agora é realizada em dose única, conforme anunciado pela ministra da Saúde, Nísia Trindade. Anteriormente, o esquema vacinal era composto por duas doses. A mudança visa proteger contra o vírus, principal causa do câncer de colo de útero, ao longo da vida. A ministra pediu uma busca ativa por jovens até 19 anos não vacinados. Em 2023, foram aplicadas 5,6 milhões de doses, um aumento significativo em relação aos anos anteriores.

A imunização é recomendada para meninos e meninas de 9 a 14 anos, vítimas de abuso sexual de 15 a 45 anos, pessoas com HIV, transplantados e pacientes oncológicos. Além disso, o SUS incorporou um teste molecular para detecção do HPV, permitindo um rastreamento mais preciso do câncer do colo do útero a cada cinco anos. Essa tecnologia substitui o exame de Papanicolau, realizado a cada três anos. O HPV é a infecção sexualmente transmissível mais comum e principal causa do câncer cervical, afetando especialmente mulheres negras, pobres e com baixa escolaridade.

Compartilhe nas redes sociais
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on twitter
Twitter
Share on facebook
Facebook