26 de maio de 2024 - 00:05

RN tem aumento em R$ 150 milhões do ICMS no 1º trimestre de 2024

Foto: Freepik

A arrecadação do ICMS no Rio Grande do Norte aumentou 8,05% no primeiro trimestre de 2024 em comparação com o mesmo período de 2023, alcançando um total de R$ 2,023 bilhões. Janeiro teve o melhor resultado, enquanto fevereiro apresentou queda e março teve recuperação, embora ainda abaixo de 2023. O setor de comércio e serviços foi responsável por mais da metade da arrecadação do ICMS, seguido pelo setor de petróleo e combustíveis. No entanto, o setor secundário, ligado à indústria, registrou queda, assim como o setor de energia elétrica e o ICMS primário, relacionado ao setor agropecuário.

A redução da alíquota do ICMS de 20% para 18% em janeiro impactou na arrecadação de março e abril, segundo a Secretaria Estadual da Fazenda Pública (Sefaz). O aumento da arrecadação própria em 2023 foi significativo, mas as previsões para 2024 não são otimistas, com estimativas de redução de até R$ 1 bilhão na arrecadação devido à redução da alíquota do ICMS e a falta de receitas extraordinárias como o REFIS.

Apesar disso, o primeiro trimestre de 2024 mostra um desempenho positivo, com um aumento de 8,06% na arrecadação total de ICMS, IPVA e ITCD em relação ao mesmo período do ano anterior, representando um acréscimo de R$ 160 milhões no caixa estadual. A queda nas receitas próprias em março acende um alerta para os próximos meses.

Compartilhe nas redes sociais
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on twitter
Twitter
Share on facebook
Facebook