17 de julho de 2024 - 17:49

Rússia ataca Odessa após bombardeio a hospital em Kiev; OTAN anuncia mais ajuda à Ucrânia

Foto: Forças Armadas da Ucrânia

Após o ataque a um hospital pediátrico em Kiev na terça-feira (9), a Rússia lançou novos ataques em Odessa, matando duas pessoas e danificando infraestrutura portuária e de energia. Em resposta, a comunidade internacional promete aumentar o apoio militar à Ucrânia.

O presidente dos EUA, Joe Biden, anunciou a doação de sistemas de defesa aérea Patriot e outras defesas adicionais. Outros aliados, como Alemanha, Países Baixos, Romênia, Itália, Canadá, Noruega, Espanha e Reino Unido, também contribuirão com sistemas de defesa. O Japão, por sua vez, fornecerá equipamentos para desminagem e formação operacional para a Ucrânia.

Esses esforços visam fortalecer a capacidade defensiva ucraniana e garantir a segurança frente aos contínuos ataques russos.

Compartilhe nas redes sociais
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on twitter
Twitter
Share on facebook
Facebook