17 de julho de 2024 - 17:49

UFRN tem retorno gradual após greve

Foto: Marcos Elias de Oliveira Júnior

Após o fim da greve dos docentes, decretado na última quinta-feira (20), a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) começou a retomar as aulas gradualmente desde a segunda-feira (24). A atualização do calendário acadêmico ainda está pendente e deve ser definida nos próximos dias pelo Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Consepe). Enquanto isso, os servidores técnico-administrativos permanecem em greve, buscando negociações com o governo.

A greve dos docentes começou em 22 de abril, enquanto no Instituto Federal do Rio Grande do Norte iniciou em 3 de abril. O término da paralisação foi anunciado após a aceitação do termo de acordo proposto pelo Governo Federal, que inclui um reajuste salarial e a reestruturação das carreiras do Magistério Superior e do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico (EBTT). A proposta foi aceita por 61,48% dos docentes da ADURN-Sindicato.

Enquanto isso, a Universidade Federal Rural do Semiárido (Ufersa) está em trâmites para convocar uma assembleia até 3 de julho, com a possibilidade de aderir à saída unificada da greve, conforme indicado pelo Comando Nacional de Greve. O Sinasefe aguarda a assinatura do acordo pelo governo, prevista para esta semana.

Compartilhe nas redes sociais
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on twitter
Twitter
Share on facebook
Facebook